A FlexiMedical surge em 2005 como empresa de inovação tecnológica na área da medicina. Criando instrumentos e mobiliário médico consolida-se no mercado com o apoio de instituições como a FAPESP, USP, CNPQ e CIETEC.

Em 2012, para dar suporte e facilitar a construção de centros médicos móveis, a FlexiMedical une-se ao Projeto CIES, tornando-se uma organização híbrida. Dessa forma simplifica a replicação do modelo do CIES e oferece soluções em saúde com um viés social.

Responsável pela manutenção e reestruturação da Carreta da Saúde, desenvolvimento e acompanhamento do Box da Saúde 1- Saúde da Mulher e a construção do Box da Saúde 2- Saúde do Homem, além da construção da Van da Saúde, a FlexiMedical é fundamental para o desenvolvimento, manutenção, montagem, logística de equipamentos e infraestrutura, enquanto o CIES tem foco na operacionalização dos atendimentos à população.

Diferente do que acontece com muitas instituições que têm que ser dicotomizadas, a Fleximedical e o CIES são uma só, fazendo com que a operação seja mais eficaz, com menor custo, melhor gestão e estruturação de processos. A ideia é que com essa união, pensem num mesmo DNA, com a causa final que é o paciente, desenvolvendo e construindo centros médicos móveis.

Forma de Atuação

Dependendo das condições de acesso e tamanho de comunidade a ser atendida, a FlexiMedical entende qual a melhor estrutura física otimizando a relação custo/benefício e a constrói. O CIES, por sua vez, dedica-se a proporcionar atendimento de médico de excelência e gestão de processos, com foco na humanização e treinamento.
Em conjunto, viabilizam a possibilidade de multiplicar as unidades móveis.